CONSIGNAÇÃO IRS NIF: 509 310 354 | DOE: iban PT50 0010 0000 4423 8960 0013 2 | mbway: 912 617 482
29 de Abril, 2016
COMPARTILHA
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Lei da prioridade reforçada para grávidas, idosos e pessoas com deficiência

Em breve, a lei da prioridade poderá ser ampliada a restaurantes e supermercados e reforçada com uma multa, entre os 1.000 e os 2.000 euros, para quem não der prioridade a grávidas, pessoas com deficiência e idosos, avança o jornal Público. 
 
A intenção do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social esta expressa num projeto de lei que está, neste momento, a ser analisado por várias entidades e parceiros do governo.
 
Embora a prioridade a estes elementos da população já esteja garantida por lei não há, ainda, qualquer tipo de sanção no caso de incumprimento.
 
Por outro lado, a atual legislação não se aplica às entidades privadas – como, por exemplo, restaurantes ou supermercados – situação que iria mudar com a aprovação deste projeto de lei.
 
O objetivo do governo, com esta alteração à lei, é reforçar a proteção destes cidadãos ampliando os setores onde esta regra é aplicada e também promovendo uma atitude mais consciente e solidária por parte dos restantes cidadãos, através das sanções.
Fonte: Site: Boas Notícias

VEJA TAMBÉM

Na passada 3ªf, a equipa da Associação Novamente participou numa sessão de team building onde o mote foi a cerâmica
27 de Maio, 2024
Divulgamos mais uma sessão do projeto “C+Mente”, cujo objetivo é capacitar e informar pessoas com Dano Cerebral Adquirido e suas
20 de Maio, 2024
Divulgamos o WEBINAR Novamente com o tema “Regime do Maior Acompanhado”, que se realizará no dia 3 de Junho, 2ªf,
20 de Maio, 2024