CONSIGNAÇÃO IRS NIF: 509 310 354 | DOE: iban PT50 0010 0000 4423 8960 0013 2 | mbway: 912 617 482
27 de Dezembro, 2016
COMPARTILHA
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Plano Nacional de Segurança Rodoviária -PENSE 2020

Desenvolvido pela ANSR, o PENSE 2020 (Plano Nacional de Segurança Rodoviária), encontra-se em discussão pública desde o dia 9 de dezembro.
O novo plano estabelece os objetivos até ao ano de 2020, bem como um plano de ações e medidas para atingir as metas traçadas.
Diminuição em 56% do número de vítimas mortais e 22% relativamente aos feridos graves face a 2010, melhorar o apoio às vítimas, promover a educação para uma cultura de segurança, melhorar a informação sobre os acidentes são alguns dos objetivos que se pretendem atingir.
Já quanto a medidas e ações propostas, o plano prevê mais de 100 novas medidas, entre as quais:
– criação de um plano nacional de combate à condução distraída — uso de telemóveis e outras tecnologias — e à condução em condições de fadiga
– criação de um programa e uma rede de pontos de apoio às vítimas da sinistralidade rodoviária
– aplicação de um sistema de georreferenciação de acidentes e ainda um registo de vítimas de acidentes rodoviários
– desenvolver um plano nacional de combate à condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas
– criação de plano nacional de proteção pedonal e de combate aos atropelamentos
Destaque ainda para a medida que prevê que as pessoas com mais de 65 anos para poderem revalidar a carta de condução terão de realizar uma formação obrigatória de atualização de conhecimentos. Em 2015, 29% das vítimas mortais registadas tinham mais de 65 anos.
Até ao dia 8 de janeiro de 2017, os cidadãos poderão apresentar as suas sugestões para melhorar o PENSE 2020.
Fonte: Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária (ANSR)

VEJA TAMBÉM

É ja dia 2 de Outubro o evento solidário que a “Associação Portus Calle 26” está a organizar a favor
26 de Setembro, 2023
Convidamo-lo/a a participar na V Conferência Novamente sobre “Saúde mental na pessoa com deficiência adquirida: qual o impacto e abordagens”.
15 de Setembro, 2023
Esta semana começamos um novo projeto “Arte na Reabilitação”. Este projeto visa melhorar a saúde mental e qualidade de vida
15 de Setembro, 2023